adjetivo feminino singular de narrativo

narrativa

nar.ra.ti.va
substantivo feminino
1.
relato minucioso de um fato, acontecimento ou sequência de eventos
2.
LITERATURA texto em que se expõe um universo constituído por personagens e eventos reais ou imaginários situados no tempo e no espaço; conto; história
ORIGEM DA PALAVRA|De narrativo
Exemplos complementares
Exemplos tirados da internet, não verificados pela equipe editorial
Exemplos complementares - up
  • A divisão da narrativa em duas partes é uma opção que agrega nuances aos lados da história e impede que o conflito seja polarizado entre vítima e algozes.
  • A ênfase na estória, a linearidade narrativa e o convencionalismo da linguagem caracterizam a realização.
  • A gente tenta manter esse fio de aço da narrativa sempre esticado, tentando evitar certa flacidez.
  • A narrativa avança claudicante, à maneira de um filme hollywoodiano contemporâneo.
  • A narrativa combinará voluntarismo e pilantragem, brilhantismo e erros colossais: misturas cujas proporções específicas hoje é impossível adivinhar.
  • A narrativa de Nael, carregada por seus sentimentos na condição de filho bastardo, dá o tom ao romance.
  • A narrativa desse período era escrita numa taquigrafia pessoal que ela transcreveu somente depois da guerra.
  • A narrativa é visual, os capítulos são curtos e o tom é suavemente cômico, ainda que o ritmo e a trama tenham o pulso de um thriller.
  • A narrativa em primeira pessoa e a linguagem detalhista aproximam o leitor das angústias do protagonista.
  • A narrativa fantástica trata da história de um pobre lenhador que se apaixona pela filha de um rico taberneiro.
  • A narrativa foi construída como se o autor perguntasse e ele mesmo respondesse.
  • A narrativa ministerial se mostra autorreferente o tempo todo, após fazer afirmações que não têm respaldo em qualquer indício produzido.
  • A narrativa mostra como o jovem De Niro virou chefão, e o ator venceu o Oscar de coadjuvante, e como Michael, Pacino consolidou seu poder.
  • A narrativa parte do ponto de vista de quem viu a outra parte seguir em frente – bastante desaconselhável para quem perdeu um par recentemente.
  • A narrativa privilegia os bons momentos, os instantes vitoriosos, de amor conjugal, felicidade familiar e camaradagem entre Cavendish e os amigos.
  • A narrativa prossegue, sóbria e empertigada, até dar num beco sem saída ou se esfumar num final que não conclui nada.
  • A narrativa se passa durante uma noitada em um quarto de hotel, perto do fim da guerra.
  • A narrativa, baseada em um processo observacional minucioso, cria um clima sufocante de tensão.
  • A ordenação da alma por meio da narrativa garante a sobrevivência da singularidade, impedindo-a de soçobrar no oceano da generalidade ou nos detritos históricos.
  • A poesia prosaica de De Leones está na entrelinha, nas idas e voltas da narrativa, na habilidade de mostrar, sem escancarar, temas que dão nó na garganta.
  • A tecedura da narrativa curta lygiana faz-se de um destecer-se, de um desenovelar-se.
  • A vivência dos artistas no espaço, as histórias que presenciaram e os personagens que conheceram permeiam a narrativa, em parte feita em tom confessional.
  • Alguma coisa acontece, contudo, no coração da narrativa, um enfarte fulminante, e tudo desmorona no besteirol.
  • Apesar de seu estilo extremamente espiritualizado, não transforma sua narrativa em algo catequizante.
  • As elipses ora fazem a narrativa avançar peremptoriamente, ora aglomeram fora da linearidade novelística tempos e espaços ficcionais distintos.
As frases de exemplo refletem o uso da palavra pesquisada e foram selecionadas automaticamente a partir de diferentes fontes online. O conteúdo das frases não é controlado nem representa a opinião do meudicionario.org ou dos seus editores.

Palavras começadas por